top of page

Celular, computador, fones de ouvido, carregadores (e internet!)

Achou esse checklist estranho? Então, isso é tudo o que preciso levar na mochila para ter a minha vida profissional funcionando em qualquer lugar!


Prazer, me chamo Aline Ilha, sou gaúcha, designer da Allca e entusiasta da vida em movimento. Tenho formação em Design Visual e venho experienciando cada vez mais o nomadismo digital, o anywhere office, ou o trabalho remoto em qualquer lugar, chame como quiser. Sempre tive um pezinho na estrada e poder alinhar as atividades profissionais com esse impulso é um combustível que me motiva, me inspira e, consequentemente, aumenta minha produtividade.


Mas, é simples assim? Colocar esses itens na mochila e partir?


Não, my friend! (do inglês: meu amigo)

Primeiro de tudo, diversas profissões dependem, e muito, de atividades presenciais. Não dá para fazer uma cirurgia sem ter contato com o paciente, né? Então, antes de se jogar mundo afora, veja se as suas demandas podem ser executadas de qualquer lugar.


Agora, se você se encaixa em um trabalho que permite realizar suas tarefas em Home Office, te convido a sair de casa, ou se estiver pronto, viajar por aí e experimentar esse estilo de vida. Não precisa partir para o outro lado do planeta já de cara, existem muitos lugares que te permitem viver Micro Aventuras diárias, muito mais perto do que você imagina. Explore!


Importante ter em mente: essa mudança de ambiente não é bagunça, mantenha sua rotina alinhada com seus afazeres (afinal, não se trata de férias, né?!)

Minha principal dica para isso é passar pequenas temporadas em cada destino (pelo menos uns 10 dias). Assim, você tem tempo de trabalhar tranquilo; pode conhecer o entorno com calma em momentos de lazer e finais de semana; e não se sente culpado ou ansioso por estar trabalhando, ao invés de estar desbravando o local.



Desafios constantes


A organização de tempo é o principal desafio. Isto porque a flexibilidade nos horários, se não for bem administrada, pode fazer com que a pessoa confunda a vida pessoal com a profissional


Além disso, a distância da equipe muda um pouco a dinâmica. A falta de alinhamento pode ser um problema, mas a tecnologia está aí para suprir isso, então com planejamento bem feito tudo dará certo. *Se você está em um fuso diferente, é um desafio extra, mas nada impossível.


Janela para o mundo


Mais descobertas, mais possibilidades, mais inspiração, mais conexões. Viver o nomadismo digital é sair da zona de conforto!


Um dia me perguntaram “O que você mais gosta quando viaja?”. Fiquei refletindo por um tempo, pensei nos lugares mais lindos, nas comidas deliciosas que provei, na sensação de frio na barriga, ao entrar no avião… Nenhuma dessas respostas parecia “certa” pra essa pergunta, então comecei a contar sobre algumas figuras que conheci em viagens e me interromperam:


“É simples. Pessoas. Isso é o mais valioso de qualquer lugar”.

Aquilo me pegou, afinal, somos feitos de conexões, de presença e de trocas, não é mesmo?



É sobre

> estar sempre em movimento

> carregar algo

> buscar novas experiências

> compartilhar histórias


E ainda me perguntam por que eu amo meu trabalho…


Nos encontramos por aí! 🤗 @alineilhas



37 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo