• Catarina Weck Glashester

Nutrição na Vela

Atualizado: Mai 12


“Temos a capacidade de alterarmos nossos corpos e nossa performance em água de acordo com o que comemos”


Geórgia Silva, mais conhecida como Gica, é nutricionista esportiva, velejadora e colaboradora da Allcatrazes em uma série de vídeos lançada no Instagram, que você pode conferir buscando pela hashtag #NutriçãoNaVela, que surgiu com o objetivo de desmistificar questões relacionadas à alimentação e trazer dicas práticas para o nosso dia-a-dia dentro do esporte. Pensando em oferecer conteúdos para vocês em diferentes formatos, trazemos aqui no nosso Blog os principais pontos abordados pela Gica durante os vídeos.


Bora conferir?


Trazendo um pouco sobre a nossa nutri, Gica começou a velejar cedo e teve experiências com diversos barcos diferentes, tendo feito uma campanha olímpica como proeira de Nacra. Essa campanha foi muito importante na sua trajetória e foi quando descobriu a importância da alimentação, principalmente dentro do esporte, pois precisava ganhar peso de maneira saudável para poder melhorar a sua performance no velejo.


“Tudo o que colocamos dentro do nosso organismo tem um impacto”


Sobre escolhas alimentares ela traz o paralelo de que somos animais mamíferos, portanto somos natureza, então é coerente que comamos alimentos provenientes da mãe natureza como: frutas, verduras, leguminosas (feijão, grão de bico, lentilha, ervilha), oleaginosas (castanha do Pará, amêndoas, castanha de caju, nozes…), tubérculos e grãos (arroz, aveia, batata, aipim, mandioquinha/batata baroa). Esses alimentos contém os nutrientes necessários para que nosso metabolismo funcione de maneira adequada, nos proporcionando bem estar, energia e vitalidade. Já com alimentos industrializados, é preciso tomar cuidado e aprender a ler os rótulos para entendermos o que estamos colocando para dentro dos nossos corpos.


É comum observarmos em rótulos componentes que não temos conhecimento do significado, como “glicose de milho” que, segundo a nutri, é um açúcar escondido atrás de um nome que não deixe tão na cara o que ele realmente é. A regra de ouro é a seguinte: “se você não reconhece o nome de um ingrediente, o seu corpo também não vai!”. Além disso, é importante lembrar que a ordem em que os ingredientes aparecem no rótulo é sempre a ordem do que mais contém no alimento até o componente menos presente no produto


“Somos seres da natureza, fomos projetados para sermos saudáveis, se você não está saudável, olhe para os seus comportamentos”


Para o pré-treino, a Gica ressalta os benefícios da beterraba e do espinafre. Esses alimentos tem o potencial de liberar óxido nítrico no nosso organismo, essa substância é capaz de dilatar a parede dos nossos vasos sanguíneos facilitando a passagem de oxigênio e outros nutrientes para os músculos, e o resultado desse processo é o aumento do rendimento durante a prática esportiva.


Durante o treino, a nutricionista recomenda alimentos que disponibilizam energia de maneira mais rápida, que é o caso das frutas e frutas secas. Barrinhas também são opções, mas ela enfatiza a importância de ler os rótulos e escolher com consciência (confere o vídeo 4 da série).


Adoramos formar essa parceria com a Geórgia e trazer diferentes informações para quem nos acompanha. A mensagem final que ela tem para nós é apenas uma:


“Cuide do único lugar que você tem para morar”



Confira o primeiro e o restante dos episódios da série em nosso canal do Youtube:


Link para o primeiro vídeo da série: www.instagram.com/p/CIRRl_8gL49/

Link para o Instagram da Gica: www.instagram.com/georgiagica_/




8 visualizações0 comentário